Passageira de helicóptero que caiu em Porto Seguro (BA) é resgatada com vida

Bombeiros ainda procuram três vítimas; duas crianças morreram no acidente

estadão.com.br,

17 de junho de 2011 | 22h47

RIO e BRASÍLIA - Um helicóptero modelo Esquilo, prefixo PR-OMO, que transportava sete pessoas, caiu por volta das 18h30 de sexta-feira, 17, no mar de Porto Seguro, no sul da Bahia, a cerca de 300 metros da costa. Os bombeiros e a Marinha localizaram destroços da aeronave e resgataram com vida uma mulher de 35 anos, de prenome Fernanda, em estado grave de saúde.

 

Segundo a Aeronáutica, a mulher estava em estado de choque, com múltiplas fraturas, e foi encaminhada ao Hospital Luis Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. Três passageiros morreram, entre eles duas crianças, e ainda há outras três pessoas desaparecidas. Entre os mortos confirmados está Mariana Noleto, namorada de Marco Antônio Cabral, filho do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

 

"Logo que chegamos, encontramos mortas duas crianças. Uma mulher foi encontrada morta junto à praia e uma senhora conseguiu se salvar nadando até a praia. Ela foi encaminhada para o hospital. Temos informações de que outras três pessoas, sendo duas mulheres e o piloto, continuam desaparecidas. Um navio patrulha de Salvador já foi acionado e deve iniciar as buscas por volta das 7 horas deste sábado", disse capitão Jorge Cordeiro, agente da Capitania dos Portos de Porto Seguro.

 

A aeronave estaria sendo pilotada pelo empresário Marcelo Mattoso de Almeida, sócio do First Class Group e do Jacumã Ocean Resort, um condomínio de luxo nos arredores de Trancoso. O grupo saía do Villa Vignoble Terravista Resort para o Jacumã Ocean Resort, os dois em Trancoso, quando aconteceu o acidente. Além de Mariana, estavam no helicóptero Jordana Kfouri, mulher de um empreiteiro carioca, seu filho Lucas Magalhães Links, a babá da criança e o piloto, Marcelo Mattoso de Almeida, empresário e dono de um resort da região. O governador do Rio está em Porto Seguro acompanhando as buscas.

 

(Clarissa Thomé, Tânia Monteiro, Tiago Décimo e Ricardo Valota)

 

Texto atualizado às 03h20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.