Passageira morre durante vôo da Varig

A passageira Benedita Libânia Crispim, de 64 anos, morreu hoje durante um vôo (2344) da Varig, que ia de São Paulo para Recife (PE). O piloto da aeronave 737-300 (prefixo PPVOS) fez um pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Confins, na região metropolitana da capital mineira, mas a passageira faleceu antes de chegar ao solo. A suspeita é de que ela tenha sofrido uma parada cardíaca durante a viagem.Segundo informações da empresa, o avião saiu do Aeroporto de Guarulhos, na capital paulista, às 11h40. Em virtude da indisposição da passageira, o piloto da aeronave foi obrigado a alterar a rota para Confins, pousando no aeroporto às 13h10. De acordo com a supervisora da Varig, Patrícia Lima, durante esse período, Benedita recebeu os primeiros socorros dos comissários, que possuem treinamento específico para este tipo de situação.No solo, o serviço médico de Confins constatou o óbito. A passageira estava acompanhada do marido (cuja a identidade a empresa se negou a revelar) e seu corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Belo Horizonte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.