Passageiros de avião que perdeu parte da turbina chegam a Minas

Passageiros do Boeing 737 da Varig cuja turbina esquerda apresentou problemas no vôo para Belo Horizonte, na noite de segunda-feira, relataram momentos de muita tensão e até pânico dentro da aeronave. Boa parte dos 77 passageiros desembarcou no final da manhã desta terça no Aeroporto Internacional de Confins, região metropolitana da capital mineira. "Todo mundo entrou em desespero. Teve gente chorando e em pânico", contou a empresária Anunciata Alvarenga, 54 anos. O vôo 2038 tinha como destino o Aeroporto da Pampulha. Cerca de cinco minutos após a decolagem, quando o avião estabilizou e logo depois do anúncio do serviço de bordo, os passageiros ouviram um forte estrondo vindo do lado esquerdo da aeronave. Em seguida, muitos avistaram chamas saindo da turbina. "Escutei um estouro e vi uma bola de fogo muito grande", recordou o advogado André Luiz Martins, 26 anos. "O avião teve uma baixa de energia e caiu talvez uns 10, 15 metros. O pessoal dentro do avião ficou muito tenso, muito nervoso". Martins, que retornava com os pais e a irmã de Natal (RN) e fez uma conexão em São Paulo, estava sentado na janela, na poltrona 17 A, bem próximo da turbina danificada. A noite nublada e o cheiro de queimado que invadiu a aeronave deixou ainda mais apreensivos os passageiros. Segundo eles, a turbina fazia barulho e soltava muita faísca. Nos minutos que sucederam ao estrondo, muitos não perceberam que o avião estava retornando para o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos - de onde havia decolado -, e pensaram que o piloto seguiria a viagem até a capital mineira. O alívio só veio quando o comandante da aeronave anunciou que pousaria novamente em Cumbica. "O avião retornou bem lentamente, um pouco instável", destacou Martins. Seu pai, Dionaldo Martins, 61 anos, disse que na hora que o avião pousou, todos os passageiros aplaudiram. "Ele (o piloto) foi muito habilidoso", elogiou. A assessoria de imprensa da Varig informou que todos os 77 passageiros do vôo 2038 chegariam à capital mineira até o meio da tarde, em três vôos da empresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.