Passageiros dormem nas salas de embarque em Cumbica

Na madrugada, Infraero registrava atrasos em 18 partidas e 8 chegadas de vôos

Agencia Estado

21 de junho de 2007 | 13h04

Os atrasos em vôos no Aeroporto de Cumbica continuaram durante a madrugada desta quinta-feira, 21. As empresas aéreas transferiram grande parte dos passageiros dos 26 vôos, dos quais 7 internacionais, que estavam atrasados para as salas de embarque.Crianças, idosos, homens e mulheres tentavam dormir, espalhados pelo chão, sem nenhuma previsão de quando entrariam nos aviões para seguir viagem. A situação crítica levou alguns a discutir com funcionários das companhias aéreas. Por volta das 2h30, uma mulher chegou a invadir o check-in da Gol, em busca de sua bagagem. Não houve quebra-quebra nem agressões físicas."Está se criando uma histeria e as pessoas estão perdendo a educação", criticou a empresária Karina Yachouh, de 30 anos. Ela iria para Salvador, na Bahia, às 21h40, mas desistiu da viagem, porque precisava estar lá às 6 horas, e não conseguiria chegar a tempo. "Devolveram meu dinheiro na hora, à vista, apesar de eu ter parcelado", afirmou.Em três horas, apenas oito aeronaves deixaram o aeroporto, das quais seis com destinos internacionais. O maior atraso era de um vôo da Gol para Teresina, no Piauí. O avião deveria ter saído de Guarulhos às 20h40, mas deixou o aeroporto às 4 horas.(Colaborou Ricardo Valota, do estadão.com.br)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.