Passageiros invadem avião em Fortaleza para protestar

Depois de passar a noite no saguão do terminal, passageiros cobraram posição da Gol sobre vôo atrasado

Carmen Pompeu, do Estadão

24 Julho 2007 | 14h06

No início da manhã desta terça-feira, 24, 15 passageiros que aguardavam embarque no aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza, invadiram um avião da empresa Linhas Aéreas Gol. Depois de passar a noite, no saguão do terminal, eles decidiram protestar contra a companhia cobrando dela uma posição com relação a um vôo com destino à Brasília.    Veja Também:     Cancelamento em vôo provoca tumulto no Rio  Mudança em destino de vôo causa tumulto em Porto Alegre  Veja a lista de vôos cancelados e alternados da TAM desta terça  Infraero diz que pista de Congonhas pode ser reaberta na 4ª  Procure as companhias aéreas antes de seguir viagem   Saiba quais são os seus direitos   Embora tenha sido necessária a intervenção das polícias Federal e Militar, os manifestantes saíram pacificamente da aeronave.   Os 15 passageiros deveriam ter embarcado ontem e aguardavam um vôo alternativo. Temendo passar mais horas esperando, eles invadiram um Boeing da Gol que faz o vôo 1863, com destino a Teresina, Brasília e Curitiba. A confusão durou quase uma hora e fez com que este vôo, marcado para decolar às 5h20, seguisse somente às 6h50min.   Nesta madrugada no Aeroporto Internacional Pinto Martins, 13 vôos sofreram atraso, com dois vôos registrando cinco horas. Um vôo foi cancelado. Na segunda-feira, o aeroporto da capital cearense liderou o ranking de atrasos. De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero), foram registrados 72,9% em atrasos em mais de uma hora, até a noite de ontem. Quatro vôos previstos foram cancelados.   Mais tumulto   No Rio e em Porto Alegre, cancelamentos de vôos também provocaram tumulto nesta terça-feira.  No Rio, o cancelamento do vôo 1997 da Gol (Rio-Belém) na madrugada desta terça-feira quase terminou em pancadaria no Aeroporto Tom Jobim, no Rio. O avião estava previsto para decolar às 19h30 de segunda-feira, mas o cancelamento foi anunciado apenas durante a madrugada.   Em Porto Alegre, a mudança do destino final do vôo 1893 da Gol causou confusão no Aeroporto Internacional Salgado Filho na noite de segunda-feira, 23, segundo apurou a reportagem do Estado. Inicialmente, o vôo faria escala no Rio de Janeiro e seguiria para o Maranhão. Mas a escala foi cancelada e o destino final passou a ser a capital carioca.   Com isso, muitos passageiros se revoltaram e o vôo, que deveria partir às 17h50, só decolou às 22h30. Os funcionários da Gol impediram o embarque de alguns passageiros e chegaram a retirar aqueles que tinham como destino final o Maranhão ou outras cidades em que haveria escala.

Mais conteúdo sobre:
Vôo 3054 Crise aérea

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.