Passagem do metrô vai subir até o fim do mês

A passagem de metrô vai subir até ofim deste mês. A afirmação foi feita nesta terça-feira pelo secretário dos TransportesMetropolitanos, Jurandir Fernandes, em entrevista à Rádio Jovem Pan. Ele não quisantecipar quais serão os novos valores das tarifas, mas garantiu que o preço dosbilhetes múltiplos de dez e de dois não vão passar do equivalente ao da tarifa cobradapelos ônibus municipais hoje, ou seja, R$ 1,70.Na prática, isso significa que o múltiplo de dois pode, em tese, chegar a R$ 3,40. Hoje,o valor desse bilhete é de R$ 2,70 e, nessa hipótese, o aumento seria de 25,9%.Aplicando o mesmo raciocínio, e índice igual, o valor do múltiplo de dez ? que hojecusta R$ 12,50 ? ficaria em torno de R$ 15,70 e o bilhete único ? hoje comprado por R$1,60 ? ficaria em R$ 2,00.Mas os valores exatos só serão definidos depois de uma reunião entre Fernandes e ogovernador Geraldo Alckmin (PSDB) que deve ocorrer nesta quarta ou quinta-feira. No encontro,Fernandes vai apresentar ao governador o estudo elaborado por técnicos do Metrô queapontam para a necessidade do aumento da passagem.A filosofia da empresa,segundo o presidente do Metrô, Miguel Kozma, é manter-se equilibrada financeiramente.Isso, hoje, segundo ele, não estaria ocorrendo. A receita está ligeiramente inferior àdespesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.