Passeata causa transtorno na região do Ibirapuera

Uma passeata dos professores da rede estadual de ensino, provocou transtornos aos motoristas da capital paulista, nesta quarta-feira, 25, segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). De acordo com a CET, a passeata ocupou todas as faixas de rolamento da Avenida Pedro Álvares Cabral em direção à Avenida Brigadeiro Luis Antonio. A companhia chegou a recomendar que os motoristas evitassem as regiões do Ibirapuera, Jardins, Vila Mariana e Avenida Paulista, até a normalização do trânsito. Segundo o último boletim de trânsito da CET, às 18h30 a Capital registrava 135 km de congestionamento, acima da média para o horário, que é de 99 km. A manifestação dos servidores ocorreu por conta de um novo projeto de lei assinado pelo governador José Serra (PSDB). Serra (PSDB) assinou um projeto de lei que institui um novo piso salarial para o Estado, que vai variar entre R$ 410 e R$ 490, distribuídos em três faixas salariais. O piso regional valerá, entretanto, somente para os trabalhadores da iniciativa privada, deixando os servidores estaduais de fora, assim como as categorias que já têm piso definido em acordo coletivo.

Agencia Estado,

25 Abril 2007 | 21h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.