Passeata em defesa da paz acaba em tumulto no Rio

Tumulto entre fãs da apresentadora Xuxa emuito empurra-empurra acabaram marcando hoje o ato contra aviolência Paz é Mais. Cerca de 20 mil pessoas foram às ruasparticipar da caminhada em Ipanema, que contou com a presença dagovernadora Benedita da Silva (PT). Duas horas antes e a doisquilômetros do local, um tiroteio entre três assaltantes epoliciais matou dois homens e provocou pânico em Copacabana. A luta pelo fim da violência ficou em segundo plano noato. Os participantes pareciam mais preocupados em ganharcamisetas do Movimento Paz é Mais ou em ver Xuxa. O tumultocomeçou cedo, durante um ato ecumênico no Arpoador. A PM foichamada para conter a multidão, revoltada com o fim dadistribuição de camisetas. "É um absurdo prometerem e nãoentregarem", reclamou a atendente Mariana Dias. O empurra-empurra aumentou quando Xuxa tentou deixar opalco do ato ecumênico para seguir na caminhada. O fraco esquemade segurança permitiu que ela fosse encurralada pelos fãs -adultos, na maioria -, que queriam tocá-la. Nervosa, Xuxa chorouao não conseguir chegar ao carro e ver crianças sendoempurradas. "Está uma confusão muito grande." A apresentadora olhava apavorada para crianças chorandono colo dos pais, assustadas com o tumulto que se criou em voltade seu carro. Um bebê, cujo carrinho eraempurrado para baixo de um carro, foi retirado da confusão pelovencedor do Big Brother Brasil, Kleber. Xuxa desistiu dacaminhada. A saída dela esvaziou o ato. Uma pomba solta pelosorganizadores não voou. A governadora disse que participava doato como cidadã, "que também clama pelo fim da violência"."Em um mês, não dá para resolver os problemas de muitasdécadas", disse Benedita.TiroteioNo incidente em Copacabana, morreram umsuposto assaltante, Eduardo Câmara de Oliveira, o Dudu, de 19anos, e o policial militar Reginaldo Feliciano da Silva, de 31anos. O tiroteio começou depois que o rapaz, Luís HenriqueSantana e Marcelo Gonçalves foram descobertos por policiais,depois de supostamente terem assaltado uma loja no ShoppingSampaio. Dudu morreu no local e o policial foi levado para oHospital Miguel Couto, na Gávea, zona sul, onde também veio amorrer. Os dois homens tentaram fugir, mas acabaram presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.