Passistas recepcionam 2600 passageiros do Queen Mary II

Os passageiros do Queen Mary II foram acordados ontem com muito samba. O maior transatlântico do mundo entrou na Baía de Guanabara por volta das 3 horas e atracou no cais do porto do Rio, ainda de madrugada. Por volta das 8h30, a bateria da escola de samba Grande Rio, contratada pela prefeitura, recepcionou os passageiros, que começaram a deixar o barco com passistas e casais de mestre-sala e porta-bandeira.A recepção calorosa empolgou os turistas, a maioria de americanos. Muitos aceitaram o convite das passistas e ensaiaram passos desajeitados. ?É uma recepção fabulosa, muito bonita, me senti muito bem-vinda?, disse a americana Kelly Jansen, que elogiou o conforto do navio. A carioca Elaine Moreira também desembarcou enaltecendo as instalações do barco. ?Nunca imaginei fazer um cruzeiro, mas descobri que é uma viagem maravilhosa. O Queen Mary II é muito estável, você praticamente esquece que está viajando?. A holandesa Princess Haggen, de 34 anos, fez questão de tirar fotos entre o Rei Momo e a rainha do carnaval. No entanto, ela reclamou da embarcação. ?O Brasil é maravilhoso. Esqueça o navio, não gostei do serviço?, reclamou. Cada um dos turistas recebeu uma rosa e uma camiseta com a inscrição ?Rio loves you?. O secretário estadual de turismo, Sérgio Ricardo de Almeida, afirmou que ?os passageiros movimentarão a economia da cidade, lotando restaurantes, shoppings e museus. A vinda deste navio é emblemática para o turismo do Rio?. Outros três transatlânticos permanecem no cais do porto do Rio durante o carnaval. Os 2.600 passageiros do Queen Mary II terão a sua disposição microônibus para levá-los a Passarela do Samba. O tamanho do navio despertou a atenção de Curiosos, que passavam perto do cais do porto. O barco tem 345 metros de comprimento e altura equivalente a um prédio de 23 andares (72 metros).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.