Pastor condenado por estuprar quatro meninas é preso em Duque de Caxias

Homem estava foragido e havia sido condenado a 12 anos de prisão por abuso de incapaz qualificado

Carolina Spillari, estadão.com.br

20 de junho de 2011 | 20h11

SÃO PAULO - O pastor evangélico Juarez Ferreira da Silva, de 52 anos, foi preso por agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Duque de Caxias, nesta segunda-feira, 20. Ele estava foragido pelo crime de estupro de incapaz qualificado. Sua prisão ocorreu perto da residência onde moravam seus filhos.

 

O pastor era professor da rede municipal de Duque de Caxias e havia sido condenado a 12 anos de prisão por ter abusado sexualmente de quatro meninas, disse a delegada Alriam Fernandes, titular da DEAM.

 

As meninas tinham entre 12 e 13 anos de idade quando foram abusadas dentro da sala de aula na presença de alunos da escola em que trabalhava em 2006, relatou o processo. Sua condenação foi da 1ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.