Pastor é assassinado a tiros em SP

O pastor evangélico José Alberto Simões, 53 anos, foi assassinado com vários tiros nesta manhã no bairro da Lapa, zona oeste de São Paulo. Ele estava numa sala, onde funciona a redação do jornal Gazeta Gospel, ao lado do salão da igreja. Por volta das 8 horas, testemunhas que assistiam a um culto ouviram os tiros e chegaram a ver dois rapazes que usavam capacetes fugirem numa motocicleta. O pastor já estava morto.O filho dele, Eduardo Simões, 20 anos, declarou não conhecer o motivo do crime. Eduardo disse que o pai costumava trabalhar com ex-viciados em drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.