Pastor é assassinado dentro de igreja em Belo Horizonte

Segundo a PM, ainda não está claro se Charles de Souza, de 34 anos, tentou reagir a um assalto ou se ele era o alvo dos assassinos

Marcelo Portela, O Estado de S. Paulo

10 Janeiro 2014 | 16h05

BELO HORIZONTE - Um pastor foi assassinado nesta sexta-feira, 10, dentro da igreja evangélica na qual pregava na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, ainda não está claro se Charles Vidal de Souza, de 34 anos, tentou reagir a um assalto ou se ele era o alvo dos assassinos.

Segundo relatos de testemunhas à PM, dois homens entraram na Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) no bairro Céu Azul na manhã desta sexta e teriam encontrado o pastor no escritório do templo. Ainda de acordo com a PM, o local apresentava sinais de luta, mas não havia indício de que algum objeto tenha sido roubado.

Souza foi baleado na cabeça e chegou a ser levado para o Hospital Risoleta Neves, mas não resistiu. Os suspeitos teriam fugido em um Gol preto que estava na porta da igreja e, segundo a polícia, pertenceria à vítima. Até o fim da tarde os criminosos não haviam sido presos ou identificados.

Mais conteúdo sobre:
Minas Gerais Belo Horizonte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.