Pastor é preso acusado de abuso sexual no Rio

O pastor e líder da Igreja Pentecostal Senhor Jesus, Izequiel José de Araújo, foi detido nesta terça-feira, 16, sob a suspeita de ter abusado sexualmente de uma criança de 10 anos. O caso foi registrado no 61º Distrito Policial, de Xerém, Baixada Fluminense, Rio de Janeiro.Segundo o delegado titular de Xerém, Alexandre Ziehe, Araújo esteve na residência da vítima na segunda-feira para dar bênção à família, e ao sair pediu a mãe que a filha dela se juntasse aos outros jovens que o acompanhariam noutras visitas.Terminado o trajeto, o pastor teria seguido apenas com a menina para a igreja. Ali, na versão da garota contada ao delegado, o pastor passou óleo no corpo da vítima e tentou abusá-la sexualmente. A menina, então, começou a gritar e foi levada para a casa da família dela, onde contou a sua mãe a história. Ambas seguiram para a delegacia e registraram o caso.De acordo com Ziehe, a perícia não encontrou sinais de violência no corpo da vítima, mas foi constado óleo nas partes intimas dela. Contra Araújo, de 44 anos, já havia um mandado de prisão preventiva da Vara Criminal de Teresópolis, de 2002, pelo crime de atentado violento ao pudor contra sua própria filha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.