Paulinho da Força tenta pacto com tucanos em votação

Reunida ontem para fechar apoio à proposta de reajuste para R$ 600, a bancada do PSDB na Câmara foi procurada pelo deputado Paulo Pereira (PDT-SP), dirigente da Força Sindical. O parlamentar integra a base governista e pediu apoio do principal partido da oposição para que o mínimo chegue ao menos a R$ 580. O governo defende o valor de R$ 545. Tucanos acreditam que o movimento por um reajuste maior poderá receber mais adesões dos partidos da base.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.