Paulista terá desvios por 9 meses

Acesso da avenida para a Rua da Consolação será bloqueado, no sentido do centro, para obras do Metrô

Daniel Gonzales, O Estadao de S.Paulo

13 de março de 2009 | 00h00

A partir de amanhã, o acesso da Avenida Paulista para a Rua da Consolação ficará totalmente interditado para o tráfego de carros e ônibus por nove meses. A interdição, que começa às 18 horas deste sábado, foi solicitada à Prefeitura pela Companhia do Metropolitano e pelo Consórcio Via Amarela, responsável pela construção da Linha 4-Amarela do Metrô. Haverá mudanças viárias e em pontos de ônibus. Nos horários de pico, passam por ali 400 veículos e 25 ônibus por hora. A Paulista só será reaberta em 20 de dezembro.O fechamento é necessário para viabilizar as obras da futura Estação Paulista da Linha 4, que fica na esquina com a Consolação. A estação terá uma ligação no subsolo com a Estação Consolação da Linha 2-Verde. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o trânsito poderá apresentar lentidão e é melhor que o motorista, se possível, evite o local.O trecho da Paulista entre as Ruas Bela Cintra e Consolação ficará liberado apenas para trânsito local, assim como permanecerá aberto o retorno em forma de "U" ligando a pista sentido Consolação com a do outro lado, sentido Paraíso. Já o acesso à própria Rua da Consolação será desviado pelas Ruas Bela Cintra e Antonio Carlos. Os ônibus farão o mesmo percurso.O motorista também deverá ficar atento porque o estacionamento será proibido em vários trechos: Rua Bela Cintra (lado esquerdo), entre a Avenida Paulista e a Rua Matias Aires; Rua Antonio Carlos (lado esquerdo), entre as Ruas Bela Cintra e Consolação; e na Rua Matias Aires (lado esquerdo), entre as Ruas Bela Cintra e Consolação. O histórico de obras na Paulista é um motivo de preocupação para os motoristas, uma vez que elas costumam provocar grandes congestionamentos. Em julho de 2007, teve início a reforma das calçadas da via que só terminou em abril do ano passado. Nesse período, houve uma intercalação de trechos interditados e, como resultado, a via chegou a registrar 2,5 km de lentidão - A Paulista tem 2,8 km de extensão. Em maio, foi a vez da reforma dos canteiros centrais, que deixou o sentido Consolação com uma pista a menos, diminuiu a velocidade dos veículos e, mais uma vez, parou o trânsito. A CET disponibiliza o telefone 1188 para informações. Mudanças nos ônibus podem ser consultadas pelo telefone 156.COLABOROU RENATO MACHADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.