Paulistano enfrenta lentidão de 195 quilômetros à noite

Trânsito ficou acima da média das piores quartas-feiras dos últimos 12 meses

AE

30 de abril de 2008 | 21h38

Na saída para o feriado, o paulistano enfrentou 195 quilômetros de congestionamentos, às 19 horas de hoje (30). O trânsito ficou acima da média das piores quartas-feiras dos últimos 12 meses desde as 14 horas. A Polícia Rodoviária Estadual recomenda que o motorista evite viajar hoje entre 7 e 15 horas. Veja também:Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua    Ao vivo: Castelo Branco-Raposo Tavares Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral Veja o que abre e o que fecha no feriadoNo feriado, 1,8 milhão de veículos devem usar estradas de SP Defesa Civil alerta para risco de tempestade nesta quarta-feira Nesse horário de trânsito mais intenso, os veículos que descem a serra poderão utilizar as duas pistas da Via Anchieta e a sul da Imigrantes. A subida será feita pela pista norte da Imigrantes. Na seqüência, o sistema voltará a operar como de costume. Amanhã, das 17 às 21 horas, as duas pistas da Imigrantes e a norte da Anchieta vão ser usadas para o retorno à capital. No domingo, das 10 horas à meia-noite, o mesmo sistema voltará a ser adotado para facilitar o retorno.  Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, na capital paulista a variação da temperatura pode ser de 12ºC a 18ºC amanhã e entre 20ºC e 21ºC sexta-feira. No fim de semana, esquenta, e a máxima pode chegar a 23ºC. No litoral, o tempo deve ficar nublado. Em Campos do Jordão, o clima é de inverno. A temperatura pode variar entre 8ºC e 13ºC hoje. A frente fria fica no Estado até domingo, quando volta para o Sul, segundo o instituto.  A estimativa da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) é que, até o final da tarde de hoje, 1,6 milhão de veículos deixem a capital. Na véspera do último feriado prolongado, a Páscoa, o excesso provocou o segundo maior índice de congestionamento do ano, 227 quilômetros de vias com lentidão. O recorde, 229 quilômetros, foi registrado no dia 3 de abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.