Paulistano enfrenta tráfego pesado na volta à capital

Excesso de veículos, chuva e acidentes deixaram a viagem de retorno mais demorada

JULIO CESAR LIMA, O Estadao de S.Paulo

25 Fevereiro 2009 | 00h00

O movimento nas estradas foi intenso durante todo o dia de ontem em direção à capital. Além do excesso de veículos, chuva forte e acidentes tornaram a viagem de volta do feriado ainda mais demorada. Os transtornos foram piores para quem utilizou o sistema Anchieta-Imigrantes. Às 14h30, uma carreta carregada de extrato de milho pegou fogo na altura do km 46 da Anchieta. A pista em direção a São Paulo ficou interditada por quase três horas.Na Castelo Branco, a lentidão no fim da tarde chegou a 12 km perto de Itapevi. O motorista enfrentou problemas na Bandeirantes. Um temporal provocou alagamentos na altura do km 19, na capital. Por causa da chuva, o trânsito ficou lento à tarde na altura do km 83 da Fernão Dias, entre Guarulhos e a capital, por causa de um ponto de alagamento. Houve lentidão na Dutra e na Régis Bittencourt, assim como na Rio-Santos, Padre Manoel da Nóbrega, Tamoios e Mogi-Bertioga.ACIDENTEO soldado Francisco Arrieira, acusado de matar com um tiro Paulo Oliveira na tarde de domingo, após a vítima tentar tirar a arma de um policial rodoviário em uma abordagem na PR-323, entre Paiçandu e Água Boa, no Paraná, vai responder a inquérito. À imprensa local, testemunhas disseram que Paulo se envolveu em um acidente e, embriagado, teria tentado fugir. Arrieira saíra para atender a uma ocorrência em São Jorge do Ivaí, quando encontrou Paulo. A polícia informou que a vítima respondia à denúncia de falsidade ideológica em Mariópolis e Clevelândia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.