Paulistanos enfrentam trânsito complicado na saída do feriado

A chuva e o excesso de veículos complicam o trânsito nas principais vias de São Paulo na noite desta quarta-feira, 1, véspera do feriado de Finados. Às 18h30, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou 181 quilômetros, índice bem acima média para o horário, que é de 88 km. O trecho mais crítico estava na pista expressa da Marginal do Tietê, sentido Penha-Lapa, onde o motorista reduzia a velocidade por 7,5 quilômetros entre as pontes Tatuapé e Casa Verde. No sentido contrário, as pistas expressa e local estavam com sete km de lentidão, entre as pontes Nova Fepasa e do Limão. Pela Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, a pista expressa tinha 5,5 km de lentidão a partir da Ponte Jaguaré. No corredor norte-sul, formado pelas avenidas Rubem Berta, 23 de Maio e Moreira Guimarães, a lentidão era de sete km a partir da Praça da Bandeira. Alagamentos A chuva forte que ainda atingia a capital paulista na noite desta quarta já provocou 25 pontos de alagamentos, sendo cinco intransitáveis. Toda cidade permanece em estado de atenção por causa da possibilidade de alagamentos. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura (CGE), um deles estava na Avenida Pompéia, sentido Marginal do Tietê, junto a Rua Turiassu. Um outro trecho alagado estava na Avenida Ricardo Jafet, sentido Rodovia dos Imigrantes, perto da Avenida Vergueiro. Rodovias Os paulistanos que começaram a deixar a capital rumo ao interior e ao litoral também encontravam problemas nas principais rodovias paulistas por volta das 18h30. Na Rodovias Anchieta, a concessionária Ecovias precisou interditar parte a pista central, no quilômetro 13, por causa de possibilidade de transbordamento do Ribeirão dos Couros. Isso não chegou a interferir no fluxo de veículos, que estava abaixo da expectativa. O motorista deve redobrar a atenção por causa da neblina nos trechos de serra e na chegada ao planaltoNa pista expressa da Rodovia Castelo Branco, sentido interior, o tráfego estava congestionado entre os quilômetros 17 e 24. No sentido da capital, porém, o tráfego está parado na marginal com pedágio entre os quilômetros 25 e 29, e na expressa, entre os quilômetros 13 e 20.O trânsito nas estradas estaduais que levam ao Litoral Norte e a Campos do Jordão, estava abaixo das expectativas da Polícia Rodoviária e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) até o início desta noite. Na Rodovia dos Tamoios transitavam cerca de 1,2 mil carros por hora, abaixo dos 2 mil previstos para os horários de pico da estrada, enquanto a Rodovia Oswaldo Cruz registrava uma média de 260 carros no mesmo intervalo de tempo. O mesmo número de carros circulava por hora na rodovia Floriano Pinheiro (SP 123), em direção à serra da Mantiqueira.Cerca de 100 mil carros devem descer a serra até o final do feriado. As balsas que fazem a travessia entre São Sebastião e Ilhabela devem receber 14,5 mil carros, nos dois sentidos e o tempo de espera, nos horários de pico, pode chegar a 1h20.As prefeituras dos municípios de Ubatuba, Caraguatatuba, Ilhabela e São Sebastião esperam um público de mais de 300 mil pessoas, apesar das previsões de mau tempo no feriado. Colaborou João Carlos de Faria

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.