Paulistanos queixam-se de frio. Mas é só mais um dia de inverno

Agasalhados mais que o normal, os paulistanos passaram o dia reclamando do frio, estranho para um fim de agosto. Mas os meteorologistas insistem: não há nada de estranho em temperaturas baixas num mês de inverno, afinal a primavera só começa em setembro. Tudo deveu-se a uma frente fria comum e a sensação térmica de frio tem mais a ver com as altas temperaturas do fim de semana.A frente fria que fechou o tempo em São Paulo está quase parada sobre o Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, segundo o meteorologista da empresa InfoTempo Carlos Repelli. O céu já está claro no interior paulista e continua encoberto no leste, com chuviscos ocasionais e isolados até sexta-feira. O sol só volta a predominar no fim de semana, quando as temperaturas ficam entre 12 e 23 graus na capital. Hoje, as temperaturas ficaram entre 10,3 e 13,7 graus na estação do Instituto Nacional de Meteorologia no Mirante de Santana, zona norte. Para amanhã, a empresa Infotempo está prevendo mínima 10 e máxima de 14 graus na capital. As temperaturas devem ficar entre 14 e 16 graus em Santos, 8 e 13 em Campos do Jordão e 12 e 28 no oeste do Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.