Paulistanos têm manhã de caos no trânsito

O trânsito já está normalizado nas avenidas 23 de Maio, próximo ao Viaduto Tutóia, e Salim Farah Maluf, onde dois acidentes complicaram o trânsito na capital na manhã desta terça-feira, 9, e deixaram 14 feridos graves.Na 23 de Maio, no sentido centro, onde dois ônibus bateram deixando 21 pessoas feridas, sendo 13 em estado grave, o congestionamento chegou a 3 quilômetros. A pista ficou interditada por alguns minutos, por volta das 8h45, para o pouso do helicóptero Águia, da Polícia Militar, acionado para socorrer o motorista de um dos ônibus, que ficou gravemente ferido. O trânsito já está normalizado, fluindo como de costume.A pista expressa da Avenida Salim Farah Maluf ficou interditada na altura do cruzamento com a Avenida Celso Garcia, no bairro do Belenzinho, zona leste, após um acidente ocorrido às 3h30 envolvendo um caminhão e um carro de passeio. O caminhão, carregado com 22 toneladas de brita, tombou no sentido marginal Tietê - Vila Prudente. A pista foi liberada por volta das 8 horas e, no momento, não há lentidão na região, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).Segundo os Bombeiros, o motorista do caminhão foi levado em estado grave para a Santa Casa de Misericórdia e condutor do veículo de passeio passa bem. O motorista do caminhão teria perdido o controle da direção após bater contra um veículo de passeio, de acordo com a CET.21 feridosUm ônibus fretado da Viação Gracimar bateu na traseira de um outro da Viação Campo Belo, que faz a linha Terminal Capelinha - Largo São Francisco, na Avenida 23 de Maio. Todos os feridos ocupavam o ônibus fretado, de acordo com o Corpo de Bombeiros. O veículo da viação Gracimar transportava funcionários do Hospital Albert Einstein que haviam acabado de sair do turno da noite, por volta das 7h30, e se dirigia à zona leste, de acordo com relatos de alguns passageiros.ResgateO resgate dos feridos do ônibus da Viação Gracimar teve de ser feito pelas janelas, pois a frente do veículo ficou seriamente danificada e eles foram encaminhados para os hospitais das Clínicas, Vergueiro, Albert Einstein e Beneficência Portuguesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.