Pedaço de turbina cai e obriga avião da Varig a fazer pouso forçado

Por volta das 23 horas de segunda-feira, um Boeing 737-300 da Varig, que faria o vôo 2038, com destino a Aeroporto de Pampulha, em Belo Horizonte (MG), decolou do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, mas teve de retornar, segundos depois, fazendo um pouso forçado em Cumbica em razão do pedaço de uma das turbinas se desprender, após um estrondo. Ainda não foi informado quantos passageiros estavam a bordo. Segundo policiais militares do 15º Batalhão, parte da fuselagem (uma chapa de aço) da turbina caiu sobre uma casa localizada na Rua Nova Itarana, nº 33, no Jardim Presidente Dutra, atingindo a cozinha do imóvel. Não há o registro de feridos. A empresa aérea informou que os passageiros do vôo 2038 foram divididos e embarcarão para Belo Horizonte em outros vôos pela manhã e no início da tarde desta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.