Pedágio da Imigrantes pode aumentar para R$ 10

O governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) confirmou nesta quarta-feira o aumento da tarifa do pedágio no Sistema Anchieta-Imigrantes. O novo valor ainda não foi definido e deve entrar em vigor a partir do próximo dia 17, quando será inaugurada a pista descendente da Rodovia dos Imigrantes. Informação extra-oficial indica que o valor do novo pedágio ficará em torno de R$ 10,00.A tarifa atual é de R$ 6,60. Alckmin afirma que areadequação estava prevista no contrato de concessão e não deve ser considerada aumento de tarifa."Não é que vá haver aumento, vamos aplicar o contrato que estabelece o conceito depedágio quilométrico, como já ocorre nos outros sistemas rodoviários", disse Alckmin. "Então, tem pedágio que vai diminuir de valor e tem outro que vai aumentar", acrescentou.A previsão é de que o da Imigrantes deva aumentar e o das rodovias Piaçaguera-Guarujá e Manoel da Nóbrega deva diminuir. "Mas ainda não há nadadefinido", disse Alckmin, referindo-se a uma estimativa de índices máximo ou mínimo deaumento da tarifa do pedágio.A definição da nova tarifa, disse Alckmin, será feita pela Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), órgão que regula as rodovias que estão sob regime de concessão. "Deixa a Artesp concluir os estudos, aplicando ocritério de quilometragem, que aí eles divulgam o valor." Alckmin disse ainda que não serão criadas novas praças de pedágio no Sistema Anchieta-Imigrantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.