Pediatra aumenta dosagem de leite de bebê com anencefalia

A pediatra Márcia Beani Barcellos, que acompanha a evolução de Marcela de Jesus Ferreira, o bebê que nasceu com anencefalia, em Patrocínio Paulista, na região de Ribeirão Preto, aumentou, desde terça-feira, 12, a dosagem de leite da criança. Marcela não tem mais condições de ser amamentada pela mãe Cacilda Galante Ferreira, de 36 anos.Segundo Márcia, a dosagem, ingerida pelo bebê por sonda oral-gástrita (entra pela boca e vai ao estômago), dobrou, de 5 mililitros para 10 mililitros. Marcela, que tem apenas parte do encéfalo, também recebe soro para se manter hidratada e respira com a ajuda de aparelhos, mas em certos períodos respira naturalmente.Ela não teve mais febre e convulsões e seu quadro clínico é considerado estável. Marcela nasceu em 20 de novembro e sua mãe não sai do seu lado desde então, num dos quartos da Santa Casa local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.