Pedido inquérito para apurar se Serra cometeu crime ao ligar PT ao PCC

A Procuradoria Regional Eleitoral requisitou nesta quinta-feira à Superintendência da Polícia Federal a instauração de inquérito para verificar se o candidato ao governo do Estado pelo PSDB, José Serra, cometeu crime eleitoral ao apontar vínculo entre o Partido dos Trabalhadores e a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), durante a segunda onda de ataques em São Paulo.Junto com o requerimento, a procuradoria anexou a notícia-crime encaminhada pelo PT ao Tribunal Regional Eleitoral contra Serra. Segundo informou o site da procuradoria, o PT acusa o tucano de dos crimes de calúnia, difamação e injúria, além de "divulgação na propaganda eleitoral de fatos que se sabe inverídicos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.