Pedófilo é preso e diz que não prejudicava vítimas

Acusado de abusar sexualmente de crianças em Igarapé-Açu, nordeste do Pará, está preso desde ontem naquela cidade o pequeno comerciante Kaleb da Costa Portal. Ele confessou o crime, mas poderá ser solto porque o delegado Joaniz Serrãocometeu uma falha: prendeu Caleb fora do flagrante e sem que tivesse solicitado a Justiça a prisão preventiva dele. "Não sei o que deu na minha cabeça. Foi coisa ruim, que sefaz sem pensar, mas que não prejudicava as meninas. Era apenas para o meu prazer pessoal", tentou justificar. Kaleb, 26 anos, atraía crianças entre 6 e 10 anos para uma casa, onde mantinha jogos eletrônicos. Lá, oferecia dinheiro para que as meninas ficassem nuas e mantivessem relações sexuais com ele.Ele também tirava fotos das crianças em posições pornográficas.Uma das meninas contou que ele fazia ameaças de morte casoas crianças se recusassem a fazer o que ele queria. A juíza Darielma Tavares disse que vai analisar o caso para decidir se mantém o acusado na cadeia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.