Pedra que interdita Rio-Santos deve ser dinamitada na tarde desta quarta

Técnicos afirmam que há risco de novos deslizamentos e liberação das pistas ainda é incerta

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

14 de abril de 2010 | 10h44

 

 

RIO - A pedra de cerca de 120 toneladas, que interdita o trecho da Rodovia Rio-Santos (BR-101 Sul), na região de Angra dos Reis, no Rio, deve ser dinamitada nesta quarta-feira, 14, segundo previsão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

 

Veja também:

link Desabrigados do Morro do Borel fazem manifestação em Ciep no Rio

link Reconstrução do Rio pode custar até R$ 250 milhões

video VÍDEOS - Chuvas no Rio, pelos cinegrafistas anônimos

especial ESPECIAL - Os locais afetados pelas chuvas

mais imagens GALERIA - Fotos mostram o drama da chuva

 

O deslizamento de pedras ocorreu na madrugada desta terça-feira, 13, interditando totalmente a via. Na tarde de ontem, o tráfego foi liberado em meia pista no km 455,5, na altura de Conceição de Jacareí, funcionando no esquema Pare e Siga.

 

O DNIT espera liberar ainda esta semana o trecho da Rodovia Rio-Santos. Técnicos reconheceram, no entanto, que há risco de novos deslizamentos e não estabeleceram um prazo específico para a desobstrução das pistas. As obras de recuperação do trecho podem levar até seis meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.