Pedreiro cai do 7. º andar e sobrevive

O pedreiro Railon Rufino,de 39 anos, escapou da morte ontem após despencar do 7º andar (de uma altura de cerca de 20 metros) de um prédio em Águas Claras, cidade que fica a 20 quilômetros de Brasília. Ele caiu dentro da piscina de um edifício ao lado. Rufino não sabe nadar, mas teve sorte de a piscina não ser funda. Socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o hospital sem ferimentos, foi liberado em seguida. O operário contou que colocava pastilhas na fachada do prédio, quando um vento forte balançou o andaime e ele se desequilibrou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.