Pedreiro confessa ter matado mulher e filho

O pedreiro Márcio da Silva, de 39 anos, foi preso na noite de anteontem ao confessar ter matado a mulher, Cléia Souza, de 21 anos, e o filho de 5 anos, com golpes de marreta. Silva foi até o 68º DP, no Jardim Lageado, zona leste, acompanhado de um pastor, para alegar inocência. Ele disse que na sexta-feira à noite a mulher havia se queixado por ele usar crack. Irritado, atacou mulher e filho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.