Pedreiro é preso em Campinas por tráfico de drogas

O pedreiro Júlio César da Silva, de 23 anos, foi preso na madrugada de hoje em Campinas, no Jardim São Fernando, acusado de tráfico de drogas. A casa em que ele foi detido era utilizada como ponto de venda de crack no bairro. No local, os policiais militares encontraram nove pedras de crack e R$ 128 em dinheiro. Silva era procurado desde 1999, quando fugiu da Cadeia de Valinhos onde estava detido por acusação de tráfico.Os policiais militares das Rondas Ostensivas Táticas de Campinas (Rota) detiveram um usuário no bairro, que havia acabado de adquirir a droga. Ele apontou onde tinha comprado e contou aos policiais que bastava bater na porta para que o vendedor aparecesse com o entorpecente e o entregasse ao comprador, sem sair da casa. O traficante vendia cada pedra de crack por R$ 5.Os policiais cumpriram o ritual, bateram na porta e Silva apareceu com uma pedra da droga na mão. Foi preso em flagrante e encaminhado para a Cadeia do São Bernardo. BlitzeAgentes penitenciários encontraram 106 trouxas de maconha, 30 pedras de crack e 14 celulares em uma blitz realizada ontem na Cadeia do São Bernardo, em Campinas. Oito detentos afirmaram quer a droga lhes pertencia e foram indiciados por tráfico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.