Pedrinho, raptado há 16 anos, deve se encontrar com país biológicos

O diretor da Polícia Civil de Brasília, Laerte Bessa, confirmou nesta sexta-feira que encontrou Pedrinho, o menino raptado há 16 anos numa maternidade de Brasília horas depois de nascer. O menino foi encontrado em Goiânia por meio de uma denúncia anônima que chegou ao SOS Criança. A confirmação veio por meio de um exame de DNA.Pedrinho foi levado em janeiro de 1986 por uma mulher que se passou por assistente social do Hospital Santa Lúcia, em Brasília. A mulher disse a mãe da criança, Maria Auxiliadora Rosalino, que ia levar o menino para fazer alguns exames. Ela o colocou dentro de uma sacola e saiu do hospital. Segundo o delegado, a polícia já sabe quem seqüestrou Pedrinho, mas como o crime prescreveu, a informação é sigilosa. Pedrinho deverá se encontrar com os pais biológicos possivelmente ainda hoje.

Agencia Estado,

08 de novembro de 2002 | 16h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.