Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Pelo terceiro dia, traficantes trocam tiros em favela do Rio

Uma guerra entre traficantes do Morro dos Macacos, na zona norte do Rio, na madrugada de hoje, deixou moradores do bairro Vila Isabel em pânico. O tiroteio, entre criminosos que disputam o comando do tráfico de drogas na favela, começou por volta da meia-noite e durou três horas. Dois bandidos morreram. Apesar do policiamento ter sido reforçado hoje, inclusive com o dirigível Pax Rio sobrevoando o morro, as escolas da favela não funcionaram. Foi a terceira noite seguida em que houve troca de tiros no local.Moradores dos prédios que ficam em frente à entrada principal da favela viveram horas de terror. ?Ninguém dormiu aqui. Ficamos com muito medo. Vivemos num eterno regime de pânico?, disse uma mulher, que não quis ser identificada. ?Uma janela do meu apartamento foi atingida. Achei que fosse morrer?, disse outra.PavorUma senhora de 58 anos chamada Maria, que vive há 49 no Morro dos Macacos, contou que, durante o confronto, bandidos invadiram sua casa e subiram na laje. ?Nunca vi isso acontecer aqui. Estou apavorada?, disse.Durante o tiroteio, quem passava pela rua Visconde de Santa Isabel, onde ficam os principais acessos à favela, se escondeu dentro do prédio da Polícia Civil. O trânsito foi interrompido para evitar que os motoristas fossem atingidos por balas perdidas. Apavoradas, as pessoas que estavam na rua se jogaram no chão. Alguns automóveis estacionados na Visconde de Santa Isabel ficaram com marcas de balas na lataria. Uma escola municipal também foi atingida.Escola esconderijoPMs que atuam na favela trocaram tiros com os bandidos, que se esconderam numa escola municipal que fica perto do morro. Jeová Batista da Costa, de 29 anos, que, segundo a PM, era traficante, e outro bandido não identificado morreram no tiroteio. Costa seria filho de um ex-presidente da associação de moradores do morro. Gilmar Silva Gomes, de 18 anos, foi preso com um fuzil.A guerra no morro é travada entre Iedson Silva dos Santos, o Teta, e Luiz Carlos da Silva, o Sangol, ambos do Terceiro Comando (TC). Teta controlava o tráfico na favela, mas acabou perdendo o controle para Sangol, que está preso. De acordo com a PM, agora Teta quer retomar os pontos de venda de drogas. Ele seria aliado de Paulo César da Silva Santos, o Linho, bandido mais procurado do Estado e chefe do TC.Em julho, doze pessoas de uma família foram expulsas do Morro dos Macacos pelos traficantes. Eles deixaram a favela sob escolta da Polícia Civil, uma vez que a PM se recusou a prestar socorro aos moradores, alegando ser perigoso entrar na favela durante a noite. A PM acabou ocupando o morro depois do episódio.Morro do AdeusNo Morro do Adeus, dois traficantes morreram hoje de manhã depois de um tiroteio com a polícia. Foram apreendidos duas metralhadoras ponto 30, uma pistola e um revólver.A PM informou que as metralhadoras são usadas em combate antiaéreo e são manuseadas quando colocadas em tripés.

Agencia Estado,

29 de novembro de 2002 | 15h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.