Pendências podem ser do Ibama, diz governo paulista

O governo de São Paulo defendeu sua atuação na concessão de licenciamentos ambientais. De acordo com nota de sua assessoria de imprensa, os procedimentos, antes dispersos em quatro órgãos diferentes, foram "simplificados e agilizados" e centralizados na Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). "Agora, vai apenas a uma repartição, que mantém o mesmo rigor ? necessário para a preservação do meio ambiente ?, mas dinamiza o licenciamento graças à desburocratização", diz o texto. O Palácio dos Bandeirantes empurrou a demanda para o governo federal. "Eventuais pendências podem estar a cargo do Ibama ou dos órgãos municipais de licenciamento."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.