Penitenciária de Avaré vai abrigar somente seqüestradores

A penitenciária de Avaré, no interior do Estado de São Paulo, vai ser transformada pelo governo estadual em um centro de reclusão exclusivo de condenados por crimes de seqüestro.O anúncio foi feito nesta sexta-feira pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). Ele estimou a capacidade da penitenciária em 500 ou 600 presos e disse que em 2005 o local já deve estar em operação.

Agencia Estado,

17 de dezembro de 2004 | 16h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.