Perfil de Indio da Costa: vida política de vice de Serra sempre esteve ligada a César Maia

Antonio Índio da Costa, Candidato a vice-presidente

, O Estado de S.Paulo

01 de julho de 2010 | 00h00

RIO - A vida política do deputado Antônio Pedro de Siqueira Índio da Costa (DEM-RJ), 39, sempre esteve ligada ao ex-prefeito Cesar Maia. Filho de família abastada, Índio começou na vida pública no início dos anos 90. Seu pai, Luiz Eduardo Indio da Costa, é um dos arquitetos mais reconhecidos do Brasil. O irmão Luis Augusto é um muito bem-sucedido designer.

Indio começou a atuar na vida pública em 1993, no Conselho Municipal de Desenvolvimento da Cidade do Rio. No ano seguinte, foi nomeado prefeitinho do Parque do Flamengo. Depois de dois anos, foi promovido a administrador regional de Copacabana e Leme, onde se projetou para a primeira eleição de que participou.

Foi eleito vereador em 1996 pelo PFL, com 19.473 votos. Reelegeu-se em 2000, dessa vez pelo PTB, com 17.352 votos, mas praticamente não exerceu o mandato. Foi nomeado secretário de Administração de Cesar Maia (2001-2004). Em 2004, reelegeu-se à Câmara, com 58.781 votos e foi novamente chamado para assumir a Secretaria de Administração.

Em 2006 foi eleito deputado federal com 91.538 votos. Sua atividade parlamentar foi discreta no início, mas depois começou a se destacar como sub-relator da CPI dos Cartões Corporativos. Durante a tramitação do projeto do chamado projeto da Ficha Limpa, Indio voltou a se projetar como relator da proposta na Câmara. / A.J.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.