Peritos identificam 1 das 5 crianças vítimas do acidente da Gol

O Instituto de Pesquisa de DNA Forense do Distrito Federal conseguiu identificar na manhã desta sexta-feira a primeira das cinco crianças que estavam a bordo do Boeing 737-800 da Gol Linhas Aéreas, que caiu no último dia 29, no norte do Mato Grosso. As informações são da Agência Brasil, citando a diretora da Divisão de Comunicação da Polícia Civil, delegada Valéria Raquel Martirena. O nome da criança não foi divulgado.Segundo Valéria, até o momento chegaram ao Instituto Médico Legal (IML) de Brasília corpos de 57 vítimas do acidente. Nesta tarde, o IML deve divulgar uma nova lista com nome de mais pessoas identificadas, dentre eles, o da criança reconhecida pelo DNA. Até sexta à noite, haviam sido identificadas 29 vítimas.Em entrevista à Agência Brasil, a delegada afirmou que os peritos do IML e dos institutos de Identificação e de Pesquisa de DNA Forense seguem trabalhando neste final de semana no reconhecimento dos corpos, para "dar a melhor resposta para os familiares das vítimas".De acordo com Valéria, os peritos começam a fazer a necropsia dos restos mortais por volta de 7 horas da manhã e continuam até as 18 horas. Ela diz que não há condições de fazer o trabalho à noite, porque a falta de luminosidade pode prejudicar a identificação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.