Pernambuco diz à polícia que Champinha estuprou Liana

O diretor de Polícia Judiciária de Pernambuco, Romero Leal, disse que Paulo César da Silva Marques, o Pernambuco, acusou o adolescente R.A.A.C., conhecido como Champinha, de ter estuprado a estudante Liana Friedenbach, depois de ter matado seu namorado, Reinaldo Felipe Caffé. Ele disse que o próprio Champinha matou o rapaz, porque o adolescente, assassino confesso de Liana, queria ficar com a menina como sua namorada. Segundo Leal, Pernambuco fez essas declarações em conversa informal e reservada com os policiais, antes de prestar depoimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.