Perseguição policial deixa cinco mortos no subúrbio do Rio

Supostos traficantes foram mortos ao trocar tiros com a PM

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

03 de maio de 2010 | 11h03

Cinco supostos traficantes morreram na noite de domingo, 2, durante uma perseguição policial na Avenida Brás de Pina, na Vila da Penha, subúrbio do Rio de Janeiro.

 

Veja também:

link Ação no Complexo da Maré termina com 6 mortos

link Rio cerca tráfico e até polícia já teme guerra

 

Segundo a PM, por volta das 21 horas, os policiais avistaram um Chevrolet Agile vermelho que teria queixa de roubo. Ao perceberem a aproximação da polícia, os suspeitos teriam começado a atirar. Uma picape da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) do Rio foi atingida, mas ninguém ficou ferido.

 

Na fuga, o motorista do Chevrolet colidiu com a viatura da PM e com um Peugeot prata. Depois, os suspeitos desceram do veículo e tentaram fugir a pé, mas foram baleados. Ainda segundo a polícia, todos foram socorridos e encaminhados ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas não resistiram aos ferimentos. O caso foi registrado na 22ª Delegacia de Polícia.

 

Zona oeste

 

Um homem foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 3, dentro da caçamba de uma picape Ranger na Rua Desembargador Paulo Alonso, esquina com a Rua Senador Rui, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio.

 

De acordo com a Polícia Militar, o corpo foi encontrado por volta das 9h45 e ainda não há informações sobre os motivos do crime. O caso deve ser encaminhado ao Departamento de Homicídios.

 

Texto atualizado às 12h05.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.