Perseguição policial termina com 1 preso e 5 feridos

Uma perseguição policial a um veículo roubado causou acidentes de trânsito e 5 feridos na região do grande ABC no início da noite de ontem. Policiais militares de São Caetano do Sul desconfiaram de um Astra branco que passava em alta velocidade na avenida Güido Aliberti e teve inicío a perseguição. O carro, que havia sido roubado no Jardim Bom Pastor, em Santo André, município vizinho, era ocupado por dois bandidos.Ao pesquisaram a placa do veículo via central da Polícia, os militares decidiram pedir reforço. A dupla tomou sentido de volta a Santo André e bateu o Astra em um outro carro, cujo motorista, percebendo que se tratava de uma ocorrência policial, não parou. Com o choque, o Astra ficou desgovernado e bateu na lateral de um Uno, na Rua Afonsina esquina com a Avenida Lauro Müller, em Vila Palmares.Dentro do Uno estavam o vigilante Diomendes Alves Barbosa, 44, a esposa dela, Carmelita Brandão Barbosa, e a filha do casal, Tamara Brandão Barbosa, 11. O Uno tombou e chocou-se contra a frente de um Gol, que seguia no sentido de São Bernardo do Campo. O Gol era diigido pela professora Estela Cristina Chaves, 37. No banco traseiro estava a filha dela de três anos de idade. Um dos bandidos em fuga, Ulisses Silva Souza, ajudante-geral, de 19 anos, acabou detido e encaminhado ao 4º Distrito Policial de Santo André.O comparsa dele conseguiu fugir. Todos os cinco feridos foram levados para o Pronto-socorro do Hospital de Vila Assunção, nenhum em estado grave.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.