Perseguição termina com 4 mortes na zona leste

Quatro homens foram mortos durante uma troca de tiros com a polícia em Cangaíba, na zona leste de São Paulo, no início da noite de anteontem. Eles estavam dentro de uma Meriva roubada pouco antes de uma mulher - que estava acompanhada pelos filhos - quando o veículo foi avistado por uma viatura da Polícia Militar na Travessa Olho D?Água do Borges, na mesma região. Os policiais deram início a uma perseguição que terminou na Rua Munhós de Melo, ainda em Cangaíba. Lá, a quadrilha desceu do carro e atirou contra os PMs, que revidaram. Os quatro homens foram baleados e levados ao Pronto-Socorro Ermelino Matarazzo, onde morreram. BRINQUEDOCom eles, a polícia apreendeu uma arma de brinquedo e três revólveres de calibre 38. Uma mulher que também estava na Meriva, identificada somente como Rosângela Gonçalves da Silva, de 29 anos, se jogou no chão durante o tiroteio e não foi baleada. Ela foi presa e, segundo a polícia, tinha passagens por receptação e roubo. O caso foi registrado no 24º Distrito Policial (Ponte Rasa).ROUBOA Meriva preta onde estavam os criminosos havia sido roubada por volta das 18 horas, numa travessa da Rua Doutor Assis Ribeiro, em Ermelino Matarazzo, também na zona leste de São Paulo. A dona do carro, que no momento do roubo estava acompanhada pelos dois filhos, contou à polícia que foi abordada por quatro homens. Ela avisou a Polícia Militar sobre o roubo e, cerca de meia hora depois, o veículo foi identificado pelos soldados na Travessa Olho D?Água do Borges.

Daniela do Canto, O Estadao de S.Paulo

16 de abril de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.