Peruana acusada de "exportar" celulares usados

A polícia prendeu nesta terça-feira à tarde uma peruanaque pode pertencer a uma quadrilha especializada em roubos e furtos de aparelhos de telefone celular naregião central de São Paulo e enviar o produto dos ilícitos para fora do País.A estudante universitária Susan Miluska Aguirre, de 19 anos, foi presa em flagrante no apartamento onde mora de aluguel, na Rua BelaCintra, 585, na Consolação.Segundo o delegado-assistente do 4º Distrito Policial, Ricardo AfonsoRodrigues, após um mês de investigações a polícia descobriu onde ela morava."O número de roubos decelulares aumentou muito na região no último mês", explicou o policial.Por volta das 17 horas, Susan chegou ao prédio e foi detida pelos investigadores e os levou até oapartamento número 11 onde havia sessenta celulares e dois notebooks furtados ou roubados.Susan foipresa em flagrante acusada de receptar mercadoria roubada. Ela contou ao delegado que os aparelhoseram enviados pelo correio para a cidade de Lima, no Peru."Quando chegam ao Peru, provavelmente osaparelhos são reabilitados para uso", comentou o delegado.Duas das vítimas - ambas do sexo masculino -já foram identificadas e estão na delegacia. Um deles foi atacado na rua por um homem armado que levouo celular.O outro teve o aparelho furtado por um ladrão que puxou o aparelho de sua cintura e correu.Susan mora em São Paulo há dois anos e estuda Ciências da Computação na Pontifícia UniversidadeCatólica (PUC).A Polícia procura agora, um homem que agia com ela e seria seu namorado.

Agencia Estado,

02 de outubro de 2001 | 21h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.