Perueiros cancelam greve temendo represália da Prefeitura

SPTrans não confirma suspensão da paralisação na zona sudeste da capital

Agencia Estado

04 Julho 2007 | 17h30

Os perueiros da zona sudeste da capital - formada por distritos como São Mateus, Vila Prudente, Ipiranga, Saúde e Santa Cruz - suspenderam a greve marcada para esta quarta-feira, 4. A paralisação havia sido decidida em assembléia realizada pelos funcionários da Cooperpeople na noite de terça-feira. Segundo os perueiros, a cooperativa teme represália por parte da Prefeitura de São Paulo, que poderia, inclusive, cassar a concessão da Cooperpeople. Os funcionários prometem para a manhã desta quarta-feira uma manifestação no Sacomã. A cooperativa transporta diariamente 280 mil passageiros e administra 39 linhas, com 592 carros que atendem aos terminais de São Mateus, Vila Prudente, Carrão, Sacomã e o Parque D. Pedro. Até as 4 horas desta quarta-feira, a SPTrans afirmava não ter sido informada da suspensão da paralisação.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo greve perueiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.