Perueiros querem CPI do transporte alternativo em Taboão (SP)

Dezenas de perueiros prometem fazer um grande protesto nesta terça-feira em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. No início da madrugada, já havia mais de 60 lotações estacionadas em frente à sede da Prefeitura, na altura do nº 439 da Praça Miguel Ortega, no Parque Assunção.A categoria, representada pela Cooperativa dos Perueiros de Taboão da Serra (Coopertab), não se conforma com o processo de licitação para o transporte alternativo na cidade, que será encerrado amanhã, dia 19, e exige a abertura de uma CPI. Os perueiros querem a impugnação da licitação. Os condutores alegam que a maioria dos profissionais não tem condições para cumprir os requisitos exigidos pela prefeitura. Outra reclamação são os novos itinerário previstos.Na segunda-feira, os perueiros se reuniram no Jardim Saint Moritz, de onde saíram em carreata até o centro da cidade. Buzinando muito e soltando rojões, os condutores conseguiram chamar a atenção da população. A prefeitura argumenta que é "sensível aos pedidos dos perueiros" e que "está regulamentando uma categoria que não existe de fato, como obriga o Tribunal de Contas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.