Pescador brasileiro é baleado em alto mar

A Capitania dos Portos de Rio Grande investiga um tiroteio ocorrido em alto mar que deixou ferido o pescador brasileiro José Agripino Caetano, de 34 anos, na madrugada desta quinta-feira. Ele foi socorrido por um barco da Marinha e levado para a Santa Casa, onde submeteu-se a uma cirurgia. Ele não corre risco de morte.Os disparos podem ter sido efetuados pela Armada Nacional do Uruguai, que limitou-se a informar que dois pesqueiros foram flagrados pescando irregularmente no mar territorial daquele país e que, nesses casos, o procedimento é atirar.Outros pescadores que estavam com Caetano disseram à polícia que não invadiram as águas uruguaias, mas também não repassaram informações esclarecedoras. Eles alegaram que a neblina impedia que vissem de onde vinham os disparos e se havia embarcações por perto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.