Pescadores desaparecem em Itanhaém

A Marinha e o Corpo de Bombeiros continuam as buscas dos cinco pescadores e dois tripulantes, que estavam a bordo da lancha Mururoa, e desapareceram na quarta-feira, em Itanhaém, entre as ilhas de Queimada Grande, Queimada Pequena e o parcel (formação rochosa) D. Pedro, que fica a 27 quilômetros da costa litorânea. Hoje, foram encontrados os destroços da lancha perto do parcel, a 28 metros de profundidade.Os mergulhadores viram a lancha, aparentemente intacta, sem os coletes, no fundo do mar. Como as correntes marítimas prosseguem em direção ao litoral norte, os amigos dos náufragos querem que seja feita uma varredura nas proximidades de Santos, prosseguindo até a região de São Sebastião.De acordo com o tenente Marcos das Neves Palumbo, do Corpo de Bombeiros, a corporação está trabalhando nas buscas, com apoio a ação da Capitania dos Portos, que neste sábado pela manhã deverá enviar ao local um helicóptero e uma corveta para procurar os náufragos. "O mergulho que realizamos não chegou a confirmar que se trata da lancha Mururoa, porque o mar estava revolto e a água muito turva", disse o oficial. De qualquer forma, ele garantiu que as buscas continuarão durante toda a noite de hoje.Os cinco ocupantes da embarcação, todos procedentes de Francisco Morato, na capital, saíram da Marina Taipré, por volta das 9h e deveriam retornar até 22 horas. De acordo com o tenente Miguel Jodas, do Grupo de Salvamento do Guarujá, a unidade recebeu comunicado da Capitania dos Portos, por volta do meio-dia de quinta-feira, segundo o qual uma lancha de recreio, de 32 pés, havia saído da Marina Taipré, em Itanhaém, às 8 horas de quarta-feira, com previsão de retornar durante a noite. "Enviamos imediatamente ao local um navio com cinco bombeiros, que continuam fazendo buscas na área do parcel, inclusive com mergulhadores", afirmou.O caso foi registrado também no 1º DP de Itanhaém, pela proprietária da lancha, quinta-feira, quando soube pela Capitania dos Portos que a embarcação havia desaparecido. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a proprietária, conhecida como Eunice, providenciou uma busca de helicóptero, sobre a região e outra de lancha, sem que obtivesse sucesso.Estão desaparecidos Rogério Keler Perigato (24 anos), José Martins dos Santos (51 anos), Itajiba Tadeu Pereira da Silva (48 anos), Tadeu Benedito Pinheiro (52 anos) Walmir Alves (38 anos), além do barqueiro Geraldo e de outro tripulante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.