Pescadores desaparecem em naufrágio em Cananéia

Um barco com cinco pescadores a bordo naufragou na região de Cananéia. Quatro pessoas estão desaparecidas no mar. O barco naufragou quando atendia o alerta da Defesa Civil na região, feito na noite desta quarta-feira, que recomendou a retirada das embarcações do mar por causa da proximidade de um cicloneextratropical. De acordo com a Defesa Civil do Estado de São Paulo, que coordena as operações no litoral paulista, os ventos atingiram 60 km por hora no mar na noite de quarta-feira. Um dos cinco pescadores nadou cerca de 30 quilômetros, durante aproximadamente 12 horas, e foi resgatado nesta quinta-feira numa praia da região. O tenente do Corpo de Bombeiros Alexandre Doll de Moraes, de Santos, afirmou que lanchas dos bombeiros já foram em buscade possíveis sobreviventes. Segundo ele, pelo relato do pescador, o barco naufragou perto da Ilha Bom Abrigo, em Cananéia. "Ele contou que, quando começou a nadar, outros três pescadores estavam agarrados numa bóia. O mau tempo causou o naufrágio, pois os ventos estavam forte e o mar, revolto", disse o tenente, acrescentando que um dos pescadores não foi visto. O coronel Celso Carlos de Camargo, coordenador da Defesa Civil do Estado, disse que o tempo na região deve piorar na noite desta quinta-feira e que permanece a recomendação para que os barcos não sejam lançados ao mar. Segundo ele, o barco que naufragou tinha saído para alto mar na segunda-feira, antes do alerta da Defesa Civil, e estava justamente retornando quando ocorreu o acidente. As informações são do Globo Online

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.