Pesquisa diz que listras verticais ''engordam''

Universidade rebate crença popular, mas admite que preto ?emagrece?

EFE, O Estadao de S.Paulo

13 de setembro de 2008 | 00h00

Surge um forte concorrente ao nada prestigioso IgNobel deste ano, prêmio sátira entregue na mesma época do, este sim levado a sério, Nobel. Uma equipe de pesquisadores da Universidade de York, na Inglaterra, mostrou que roupas com listras verticais criam a ilusão óptica de um corpo mais volumoso, ao contrário da crença popular de que "afinam". O estudo, liderado pelo especialista em percepção Peter Thompson, acaba com a teoria visual que levou à venda de milhões de peças de roupas de listras verticais, em detrimento das "malfadadas" horizontais.Segundo o jornal britânico The Times, para chegar a essa conclusão, os cientistas utilizaram 200 pares de fotos de mulheres vestidas com peças de listras verticais e horizontais. Então, pediram que um grupo de voluntários indicasse a imagem da mulher em cada par que consideravam mais magra. Para surpresa de todos, até da indústria da moda, as mulheres vestidas com roupas de listras horizontais foram descritas como mais magras, com uma "grande" diferença de seis pontos porcentuais.Não ficou claro, no entanto, os motivos que criam a ilusão de óptica. A maioria dos pesquisadores considerou que as listras horizontais fazem uma imagem parecer mais tridimensional, criando a impressão de profundidade e reduzindo a largura.No entanto, Thompson e sua equipe não são os primeiros a detectar essa realidade perceptiva: o cientista alemão Hermman von Helmholtz já havia descrito o mesmo em 1860 - e chegou a escrever um livro para recomendar que as mulheres vestissem peças com listras horizontais, e não verticais, porque as fazia parecer mais altas.Helmholtz projetou duas séries de linhas paralelas, uma vertical e a outra horizontal, que se encaixavam em um quadrado. Os dois quadrados tinham o mesmo tamanho, mas as linhas verticais pareciam cobrir maior área, o que o cientista denominou de "ilusão dos quadrados".PRETOO conhecimento de Helmholtz se perdeu no século 20, quando se instaurou, de forma inexplicável, a idéia de que listras verticais favoreceriam uma silhueta delgada. No entanto, os estilistas podem respirar tranqüilos, porque Thompson garante que a crença de que roupas pretas "emagrecem" é verdadeira. Por isso, não terão de mudar todos os padrões da indústria."Sabemos que um círculo preto em um fundo branco parece menor do que um círculo branco em um fundo preto", diz Thompson. Mas os fashionistas procurados para falar sobre a pesquisa em Nova York, durante a semana de moda, avisaram que nenhuma das "descobertas" terá influência sobre os futuros desfiles.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.