Pesquisa revela baixa qualidade de vida em São Paulo e no Rio

As cidades São Paulo e Rio de Janeiro não são bons lugares para viver, segundo um ranking elaborado pela consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU) que classifica 130 metrópoles do mundo de acordo com a qualidade de vida que elas oferecem ao residente estrangeiro. O Rio ocupa a 82ª posição, logo após Pretória (África do Sul). A capital paulista vem longo em seguida, no 85º lugar juntamente com Kiev, na Ucrânia.As melhores cidades do mundo para se morar são Melbourne (Austrália), Vancouver (Canadá), Perth (Austrália), Viena (Áustria), Toronto (Canadá) e Genebra (Suíça). Na América do Sul, as melhores colocada são Montevidéu (65) e Santiago do Chile (66). Buenos Aires está no 67º lugar.Segundo a EIU, "a recente instabilidade política e econômica na América Latina" contribuiu para a baixa colocação de São Paulo, Rio e Buenos Aires. A consultoria elaborou o estudo para servir como base para as empresas multinacionais que deslocam os funcionários para vários países.Como essas empresas pagam uma adicional salarial de acordo com as condições de cada país, o ranking serve como referência. Para fazer o levantamento, a EIU analisou fatores como saúde, segurança, cultura, meio ambiente e infra-estrutura em cada uma das 130 cidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.