Pesquisas indicam que Casagrande lidera corrida pelo governo capixaba, com 40%

A operação política do governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), que surpreendeu os próprios aliados ao retirar o vice Ricardo Ferraço (PMDB) da disputa para apoiar a candidatura do senador Renato Casagrande (PSB-ES), foi classificada como "desastrosa" por aliados e adversários, mas rendeu dividendos.

, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2010 | 00h00

Duas pesquisas eleitorais de dois institutos diferentes - o Futura e o Enquet - publicadas ontem pelos jornais A Gazeta e A Tribuna de Vitória -, colocam o senador Casagrande na liderança absoluta da corrida estadual, com quase 40 pontos percentuais de vantagem sobre o adversário do PSDB, deputado Luiz Paulo Vellozo Lucas.

Ferraço, por sua vez, lidera a briga por uma das duas vagas ao Senado, alcançando 62,7% das preferência, seja no primeiro ou no segundo voto, de acordo com o Instituto Futura.

Nas duas pesquisas, Ferraço é seguido de perto pelo senador Magno Malta (PR-ES). A deputada Rita Camata (PSDB- ES) vem em terceiro lugar. "As pesquisas mostram o acerto do entendimento entre os dois candidatos da minha base, colocando os dois em condições extremamente relevantes na política do Espírito Santo", comemorou o governador capixaba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.