Pessoas ameaçam invadir hospital infantil

Desde às 4h desta quinta-feira, dezenas de pessoas ameçam invadir e depredar o Hospital Municipal de Atendimento Infantil Cândido Fontoura, localizado na rua Siqueira Bueno, nº 1740, próximo à esquina com a rua Itaqueri, no Parque da Mooca, zona leste da capital paulista.A maioria das pessoas é formada por mães e outros parentes de crianças que estão esperando desde às 16h de ontem por um atendimento apenas no pronto-socorro. Segundo a equipe de plantão do 57º Distrito Policial, do Parque da Mooca, uma criança de 9 meses, do sexo feminino, vítima de uma forte gripe, morreu na fila quando esperava para ser atendida.Policiais militares do 21ºBatalhão foram até a delegacia pedir reforço para a Polícia Civil. As mães das crianças alegam que no interior do hospital há 3 médicos de plantão, dois deles estariam dormindo. A mãe da criança morta por falta de atendimento ainda não compareceu ao Distrito Policial para registrar boletim de ocorrência. O hospital nega o alto número de manifestantes e não quis confirmar a morte da menina de 9 meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.