Pessoas têm de ter acesso, afirma Marina

A presidenciável Marina Silva (PV) criticou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins. "Não deve haver nenhum tipo de censura. As pessoas devem ter acesso aos acontecimentos", disse ela, que fez campanha em Guarulhos (SP).

Gustavo Uribe, O Estado de S.Paulo

28 Setembro 2010 | 00h00

De acordo com Marina, existem duas formas de tentar intimidar a imprensa: "Uma é aquela que vem a público e coloca de forma infeliz as críticas e a outra é aquela que, de forma velada, tenta agredir e pedir a cabeça (de jornalistas), o que dá a mesma coisa."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.